Blogueiro

Senhor Liu: blogueiro pediu democracia e meteu-se em apuros

SÃO PAULO – A China condenou a onze anos de prisão o professor de literatura Liu Xiaobo que matinha um blog crítico ao governo local em funcionamento.

Xiaobo foi considerado culpado pelo crime de incitar à rebeldia e a práticas subversivas. Na verdade, o blog do professor servia de ponto de discussão para estratégias da população civil para conseguir mais direitos e pressionar o governo chinês por abertura democrática.

A condenação a onze anos de prisão de Xiaobo recebeu a reprovação da comunidade internacional e é interpretada como um endurecimento do governo local no combate às pressões por abertura política.

Apesar do vigoroso sucesso econômico, a China mantém um rígido controle sobre a circulação de informação no país e um intenso monitoramento sobre o que os chineses fazem na internet, o que inclui filtros e bloqueios a sites considerados "subversivos".