teus olhos borrados.

olhei teus olhos, aquela pintura delineando os cantos, o rosado do rosto, duas ou tres espinhas no pescoço, tirando enigmas e meus segredos mais intimos, continuei a fitar, sem palavras  questionei a mente, como posso te amar tanto, e ainda assim, jamais dizer. Nunca irá saber de tudo que planejei pra você, pra nós, jamais receberá minhas palavras e sentimentos, por motivos ainda desconhecido, jamais lhe contarei. As vezes , tenho medo de que saibas, e esteja apenas esperando iniciar. Do contrário penso que nada imagina a não ser ficar simplesmente do meu lado, mas deixe o tempo…

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s