enfim…os 33

Cheguei em mais um ciclo,o ultimo estágio antes de partir,308 enfim,,,chegou nos 33, na juventude não entendia,era uma tristeza só,mas pudera já conhecia decor os vestígios que outros deichavam,agora se aprende da pior forma,,ou vai ou racha,,,por isso o medo das coisas erradas,por isso o cuidado excessivo por ti,há que se ter a salvação,chega de dor,chega desta melancolia,viver parece agora  mais brando, a cada dia que se avança,,e lentamente vai captando coisas que a existência deicha solta,,,,ela nos ensina muito,,mas com os olhos fechados nunca se pode ver,,,ai vem a mente para que tanta turburbulência? …chegamos num único ponto,com poucos arranhões, chegamos sempre neste e o que se colhe,,,não há porque mais permanecer adormecido,,,senão, nada se leva,,,

Passei a olhar diferente,encarcerado,passei a ver o mundo aqui neste lugar ,as horas são lentas,,doe quando penso que perdi tanto tempo sem viver,,agora quero viver e o que resta então são estas paredes,meus parentes,onde estão ,sofrendo esta ilusão de que estou indo bem,,quem diria,,onde talvez um dia estaria,,mas enfim,,hoje conto os segundos,,,tens uns amigos pra enterter,mas ja não mais vão me fazer esquecer onde estou,

meu filho ja deve estar crescido,um homem talvez ,ja nem lembra mais de mim

ou se o fizesse seria como se nunca tivesse existido,,sera que tem vergonha do que sou,,,ainda ontem ouvi reclamarem do existir,das dificuldades da vida,,,tagarelice ao nada,,,vem viver comigo e saberas a dor,,,de valor ao pouco que tens,,,senão o ladrão chega e te deichas na ilusão,,,

viver em liberdade palavra que me vem a mente todo dia,,,

mas agora em vão tudo que ouço é uma escuridão e um valor tardio do que um tia tive

tu e eu, nós, todos nós…

O alcool , vinagre e a gasolina são iguais, um é consumível,outro não,aparentemente diferentes,em cheiro,aspecto mas o que contem na gasolina é o mesmo que no vinagre c, h, o, ordenados de maneira diferente, tudo na natureza poderia ouster na afirmação do universo ser uma coisa só ordenada de forma diferente,, um aglomerado de moléculas inumeros átomos energia não vista,circula não palpável,talvez o que seria assim por dizer a vida a mesma energia que circula em nós que esta em cada atomo do nosso corpo cada um com sua combinação,, cada um com sua particulariedade, ou seja somos o todo e o todo é nós. Deus seria então uma energia, seria todo ser, seria voe? Então  eu seria parte ou uma fração do meu real ser, e parte de um todo,um depende do outro, a vida seria na realidade energia, e somos os únicos capazes de carregala de armazenar informações,e transformar esta bruta. No dasman ganhamos a cota de energia necessária  apenas pra sobrevivência, a descarga inicial, que é marcada pelo compasso cardiaco. Na passagem do tempo pode ocorrer o enriquecimento da mesma, ou como alguns gostam de falar,,,destino, sina,, missão,, bom ai abre outra questão em mim, a idéia de  ser parasitas dentro de um corpo que não nos pertence,mas voltando a energia é possuidora  do  seu ciclo  programado,, podemos danifica-lo mais rapidamente,, ou estender sua validade que seria o enriquecimento.

Peiot

Algo não visível até então,sem  base para provas não palpável, mas existente.Doenças e anomalias criadas por um desiquilibrio nas partes unas do ser , que constitui todo o meio. Cada sentimento, ou reação perante um fato, uma frase, um sorriso, uma tristeza provoca a migração desta energia , quebrando o corpo chegamos a célula. Mais ainda vai-se além são corpos autenticos em minúsculos mundos,alí compostos por ´átomos,unidos formam corpos maiores,e assim repetidamente. Cada um destes minúsculos contém uma cota energética, juntos ao formarem um corpo podemos dizer que geram no meio uma certa “frequência energética”em condições normais, num ser dito equilibrado funcionam precisas transmutando energia, recebendo doando,,, balanceadamente,num tranquilo ritmo. no instante em que altera-se por meio de frações de sentimentos estremos , ações descumunais, discuções,apelos ,uma perda,ou aditivos tóxicos não necessitados ao veículo ocorre o caus,o desiquilibrio, a frequência de algum orgão baixa ,migra pelo  ato em si consumido,então este local  rouba de seu próximo e assim um atraz do outro,por fim da bateria mestre e então…ocorre a doença como é conhecida, ao longo de uma existência esta frequência sofre inumeras transformações, varia migrações,pequenas muitas vezes,ou então catastróficas. O dominio de si,principalmente do centro mestre faz diretamente proporcional o equilibrio desta migração, de forças, o meio serve de enriquicimento pra crescer e perceber traços internos desconhecidos muitas vezes por nós,vez o outra brotam perpetuando a mesmice da existência,habitamos um corpo apenas pra ir além,não nos pertence,vive por si só nos é que agravamos seu ciclo de destruição…

Um pouco do velho Nietzsche

3- A crítica de Nietzsche à filosofia e à moral ocidentais. O pensamento de Nietzsche toma a moral como contraponto, ou seja, a moral cristã mesma. Neste sentido, volve seu olhar para trás para apontar como toda uma cultura foi construída, erigida a partir da filosofia socrático-platônica que tem uma continuidade com o advento do cristianismo. Neste terreno, Sócrates inaugura o período antropológico da filosofia grega, assumindo que o conhecimento do homem é condição para o conhecimento em geral. Daí a máxima “conhece-te a ti mesmo”. . O mundo do além, o mundo de Deus converte-se no verdadeiro mundo e este passa a ser compreendido como provisório e não verdadeiro. Nietzsche se volta e reflete sobre o passado ocidental apontando que o homem se teria perdido, uma vez determinado pela herança da Antigüidade e por dois milênios de cristianismo.(cf. Fink, 1988:07) Para Nietzsche a filosofia socrático-platônica e o cristianismo desviaram o homem, tornando-o decadente, pois aquela filosofia eliminou o dionisíaco da vida e o cristianismo impôs uma moral que conduziu o homem a negar sua própria existência. Para realizar tal crítica utilizou-se do método genealógico. Através da genealogia apontou como a moral foi inventada, fabricada, produzida. A genealogia permitiu desocultar o confronto histórico de saberes e mostrar como a moral cristã foi vencedora. . Nietzsche, traços biográficos “…Sim já sei de onde venho…tudo o que tocam as minhas mãos se torna luz e o que lanço não é mais do que carvão. Certamente, sou uma chama!” – Nietzsche, 1888 Quem o conheceu naquela época, entre 1880-90, não deixou de se comover ao vê-lo. Friedrich Nietzsche, devastado por uma miopia de 15 graus, andava como que às cegas, tateando com as mãos ou com a bengala o perigoso espaço embaçado que imaginava na sua frente. Desde que o aposentaram precocemente aos 34 anos da Universidade de Basiléia na Suíça, deu-se a ter uma vida de pobre cigano, arrastando-se de pensão em pensão, de quarto em quarto, por cidades italianas (Gênova, Veneza, Sorrento, Turim), francesas, (Nice) ou recantos suíços (como Sils-Maria). Se bem que nascido em Röcken, em 15 de outubro de 1844, no coração da Saxônia, pode-se dizer que Nietzsche passou seu tempo de adulto mais fora do que dentro da Alemanha. O pai, um pastor, parece que talentoso, um monarquista convicto e preceptor de princesas, batizou-o com o nome dos reis prussianos – Frederico. Deu-lhe o nome e infelizmente também lhe legou uma estranhíssima doença. Era isso que o fazia agora, homem feito, ver-se jogado na cama por dias a fio torturado por pavorosas enxaquecas, seguidas de eternas indisposições estomacais e tonturas de toda ordem. Uma só escassa paixão,,,

dias melhores virão…

A parte boa das coisas e talvez viver na esperança de que sempre existe uma amanhã. Estou falando daqueles momentos em que você está fudido e sempre vem alguém e lhe diz: ” dias melhores virão”, porra ouço isto desde os dez anos, e olha que já estou meio velhinho e cadê os dias melhores. Bom talvez ainda, esteja sendo bastante pessimista, nada o que reclamar, trabalho em um empreguinho medíocre atendendo burguês mimado, mira e meche me torram a paciência , estou separado, meu filho parece que a cada dia me esquece mais, minha filha, sei lá, depois do MSN, ficou meio bisca, monitorei até um tempo, depois de tanta decepção larguei de mão. Mas dias melhores virão, ainda ontem comecei entrar nesta onda de MSN, o critico engoliu as palavras e aderiu a nova onda, quem sabe não conheço alguma louca virtual que me traga amor e muito sexo vulgar. O primeiro contato foi até interessante, adicionei uma pessoa com um monte de riscos , não consegui ler uma pica de letra nenhuma, mas creio que seja o formato em que conversam. Logo em seguida, a luz piscou, era a tal pessoa, dizendo olá, vamos tc, deve ser conversar, então vamos lá, quando a foto carregou, um cara segurando uma pica, putz, devia ter lá um 20 cm, caramba, fiquei a principio admirado, o meu não é tão grande. Bom gentilmente mandei ele enfiar aquilo tudo na mãe dele, porra, to solitário, não virando viado, e ainda mais com uma aberração destas, já pensou aquilo deve rasga tudo,,, mas, dias melhores virão….

Dica: colocar votação em seu blog

Votação no WordPress

Categoria: WordPress

Buenas, achei que a maioria das pessoas já conhecia o plugin WP-Postratings, aquele que gera as conhecidas “estrelinhas” para votação em cada post e possibilita o uso de um widget na sidebar com exibição do ranking destes posts…. Para a minha surpresa, encontrei hoje em um fórum algumas pessoas com dúvidas, e que ainda não conheciam esse plugin tão legal que eu mesma utilizo aqui no blog…

O link para download dele: http://wordpress.org/extend/plugins/wp-postratings/

Para quem não gostar e quiser encontrar outros semelhantes: http://wordpress.org/extend/plugins/tags/ratings ou http://wordpress.org/extend/plugins/tags/rating

créditos:

  • In-versus.com
  • doce …

    Calcinha sobre a coxa,rosa algodão, olhar inseguro.mordiscando a bouca sabor de sexo,doce ímem descoberta que assim fez um cheiro de fêmea crua nua na pureza dum sorriso no corar de um rosto cóssegas no pescoço penetração lenta,a inesperiência a faz possuída ,um fogo que incendeia,

    doce gostinho de aprender a amar coladinho,

    entrega certa

    momento exato

    seu jovem macho, novato na lida dentro de si troca mútua então…… vem você toque como se teclas de um piano com a ponta dos dedos descobrindo a hormonia deste corpo a cada passo um compasso lento extraíndo sons e gemidos suaves cada curva,cada orifício desta ninfa limpida que se oferece hormônios vibrando fêmea ardente na descoberta do dito oficio de ser mulher há esse doce rostinho rosado…

    homunculo

    Circulos de uma engrenagem.

    circulos da existência deste homúnculo,milenar

    centenas pra aprender,

    milhares de teorias e antiteorias também

    quanto mais regras,menos perspectiva tem

    muitos até por fraqueza,vão atraz de pastores cegos

    nem eles sabem ,,,o que ensinar

    vai,,,rebanho de pavões!!!

    os cegos vendem uma ilusão ,

    profecia santa que distorceu,ao longo,

    verdade enterrada que ecoa no comércio

    ladainha hoje de bons costumes,

    virtudes decorradas,sorrisos falços,,,

    ao fim caem, num só leito,

    escuro, silencioso,

    a existência fora em vão,,,

    muitos mentem sobre o escuro do coxim,

    omitem o real ser,

    há uma humanidade dentro de cada um

    junto é a união,,,,o cosmo se alimenta disso,,,

    a particula una,,,que esta no meio,

    essa virtude,,,humanidade ,resta então,

    essa tal,incide um começo

    admitir que não se realiza nada fora,,,,

    admitir a proximidade destes pavões,,,

    deles se colhe

    o homem traz a semente,,,é a própria semente,,,

    inverte o nó,,,de dentro pra fora

    assopra os olhos,e vê

    por fim quebra a engrenagem,  a máquina já não o tem

    o homúnculo torna-se homem…….

    Novamente igual…

    SOLIDÃO LHE ABRAÇOU..

    NÃO SABIA O QUE ESPERAR,FALEI,VOCÊ É QUEM SABE!!!!

    JÁ LEVEI TANTAS  MAIS UMA É OCASIÃO…

    ME CASTROU TÃO CEDO,.CHEGOU ATÉ CRIAR ILUSÕES.

    mais UM BARCO DE MADEIRA PODRE.

    JOGUEI COISAS COMBINADAS, DE BOCA A OUVIDOS.

    VERBOS PALPÁVEIS,ALGO QUE GOSTAVADE OUVIR…

    FIQUEI A TUA ESPERA,,,

    NÃO ESPERAVA QUE FOSSE PARTIR.

    FALOU DE MENTIRAS,,,

    DO MEU LADO ATIROU LONGE.

    AI,,UM DIA ,DO NADA TAPEOU MINHA FACE COM UM SIMPLES SEI LÁ,,,,ME CANCEI!!!!!

    IRONIA..

    O QUE RESTOU,,,SOLIDÃO?

    DANE-SE ,,,DE NOVO;;

    MAIS UMA NA LISTA

    SOLIDÃO NEM SEI,CARCAÇA DE JABUTI

    APRENDI A SORRIR..

    ESCURECEU DOBRANDO A ESQUINA,,,

    MEU OLHOS NÃO SÃO BONS,,,MESMO DEPOIS QUE SUMIU…

    DEIXOU SOBRE MINHA MÃO UMA GOTA DE LÁGRIMA,,,,O PRESENTE DE RECORDAÇÃO,,

    FEZ IGUAL,,,,

    OLHA,  DIFERENÇA NÃO HÁ,,,

    SEMPRE IGUAL.

    SUAS DECLARAÇÕES CAIRAM AOS PÉS,,,

    E NOVAMENTE O ÚNICO QUE FICOU FOI O CIGARRO,,,ME MATA

    MAS ESTÁ SEMPRE ALI,,,CRETINO!!!!!

    meu pequeno amor

    nullObsessão que não sai da idéia, castigo que chegou de mansinho, foi crescendo, tentei rasgar do pensamento, em vão, cada vez maior tomou todo meu ser. O que fazer agora, se nem próximo de ti estou, mesmo que um observador, amando em silêncio carregando este tormento seja lá o tempo que for. Mas o que fazer agora que estou longe de ti, como pode dizer que a coisa é simples, como pode derramar uma lágrima salobra, e final de tudo ainda afirmar que sou o ruim da história. Saio com cortes e feridas que nunca irão sarar, cortes que somente com a morte irá talvez desaparecer. Amo-te em silêncio este tem sido meu tormento, te amo em silêncio, carregue isto dentro de teu coração, pois meu amor sempre será teu, como nunca existisse outra, como se fosse a primeira vez..